Notícias da meia

Meia Maratona do Sol invade capital potiguar pelo quarto ano consecutivo

Um mar azul invadiu as ruas de Natal na tarde deste sábado (11), na quarta edição da Meia Maratona do Sol. Seis mil corredores de todos os estados do Brasil mostraram mais uma vez que a capital potiguar tem vocação natural para a prática da corrida de rua e banharam a cidade com disposição e muita festa. A largada foi dada pontualmente às 16h na Arena das Dunas para as categorias Pessoas com Deficiência (PCD) 21km e logo depois a categoria geral 21km – a mais numerosa da prova, pela primeira vez – largou para o percurso mais longo.

O vencedor na categoria geral masculino 21km foi Ênio Cleyton de Lima, com o tempo de 1h11’19”. “É a segunda vez que ganho a Meia do Sol, o percurso foi bastante difícil, mas para quem já é acostumado com uma rotina de treinos fica bem mais simples”, declarou. No geral feminino 21km, quem ficou com o primeiro lugar foi Ana Catarina Amâncio de Oliveira, natural de Currais Novos (RN), com o tempo de 1h27’03”. “Essa é terceira vez que participo da competição e hoje fui campeã, a organização foi bastante boa e competente, gostei do percurso também, e estou muito feliz”.

Nos 10km geral masculino, quem levou a melhor foi Michael Gabriel da Silva Trindade, natural do Recife (PE), com o tempo de 32’08”. “Estou muito feliz pela conquista, é a minha primeira vez nesta meia maratona, mas corro há 8 anos. Saí da minha terra para conquistar pódio e representar muito bem o meu Estado”. Nos 10km geral feminino, a vencedora foi Emanuelle Patrícia Barros de Lima, também do Recife, com o tempo de 41’56”. “É a primeira vez que sou campeã na Meia do Sol, o percurso foi bastante puxado e não tive uma semana muito boa de preparação, estava doente e mesmo assim alcancei a primeira colocação”, revelou.

Já no 5km geral masculino, o campeão foi Marciel Miranda, de Currais Novos, com o tempo de 15’39”. “Já conheço muito bem a prova, sou tricampeão dos 5km, e a cada corrida é uma emoção diferente, essa é a maior do Estado e atletas do Brasil inteiro vêm prestigiar”. No 5km geral feminino, o primeiro lugar foi para Mycaellen Priscila, também de Currais Novos, com o tempo de 18’14”. “Tive a honra de ser campeã pela segunda vez na Meia do Sol, ano passado fui a campeã dos 10km e agora dos 5km, sempre segui uma preparação bem rígida para alcançar esse resultado”.

Na categoria PDC membros superiores 21km, o destaque foi para Adriano Françonaldo. “Sou bicampeão dessa meia maratona e sempre é uma honra participar. Mesmo perdendo o meu braço há sete anos continuei no esporte e nunca perdi o meu principal objetivo, hoje todo meu esforço valeu a pena”, comemorou.

O resultado completo está no site: www.meiadosol.com.br.

Percurso

O percurso foi o mesmo dos anos anteriores e prezou pela redução máxima da altimetria – estudo e medição de altitudes – oferecendo aos atletas uma experiência única, criando uma atmosfera de bem-estar e qualidade de vida. Mesmo sabendo que encontrar um trecho absolutamente plano em Natal é uma tarefa muito difícil, a organização investiu todos os esforços em minimizar as dificuldades do percurso, que terão trajetos de 21km, 10km e 5km.

O corredor Beco Holanda, 67, há 38 anos participa de maratonas, com 11 passagens pela São Silvestre, e seis na Meia de São Paulo, marcou presença na quarta edição da Meia Maratona do Sol. “Participo desde que a Meia começou, sempre corro nos 5km, é uma coisa que faço com prazer”.

Inúmeras famílias prestigiram o evento, e a do Valdeci Rodrigues (38) estava entre elas. “Sempre trago a família toda, isso desde a primeira edição da Meia, uma forma de incentivar o esporte. Corri os 21km, como em todas as outras edições”.

Narciso Araújo (49), correu os 10km pela primeira vez na Meia do Sol, e com participações na São Silvestre, o atleta trouxe o tema inclusão para o evento. “Eu corro para homenagear meu filho autista, ele é minha inspiração e motivação para estar aqui”.

Um grande grupo da capital pernambucana marcou presença, coordenado pelo educador físico Rodrigo Nascimento (35), todos participando desde a primeira edição da Meia Maratona do Sol. “Somos um grupo de treinamento funcional e de corrida, e vemos na Meia do Sol uma oportunidade de colocar em prática todo o nosso treinamento, nosso grupo conta com mais de 50 participantes, distribuídos nas categorias de 5, 10 e 21km”.

Percurso de 21km já conta com maioria de atletas

Dos 6 mil atletas inscritos, cerca de 2,3 mil foram no principal percurso da Meia do Sol, os 21km. “Esse crescimento de competidores na prova principal mostra que a corrida está se profissionalizando e os atletas estão cada vez mais investindo na participação de corridas que contam com distâncias maiores”, pontua Nivaldo Pereira, um dos organizadores do evento.

Maraturistas

Outro número que impressiona na Meia do Sol é a participação de atletas vindos de todos os estados brasileiros. Do total de 6 mil participantes, 2,8 são corredores de fora do Rio Grande do Norte. “Acreditamos que o casamento entre a vocação natural de Natal para o turismo e o crescimento da corrida de rua em todo o país gera esse movimento de turistas para a capital potiguar, movimentando a economia e gerando novas oportunidades”, aponta Gabriel Negreiros, um dos organizadores.

Estrutura

Mais de 400 pessoas trabalharam para realizar a quarta edição da Meia Maratona do Sol. Mais de 100 copos de água estavam à disposição nos cinco postos de hidratação. Havia também posto de distribuição de isotônico (excepcionalmente para os atletas que correram os 21km), quatro postos de controle para as equipes de arbitragem; de locais estratégicos para ambulâncias, que também circularam no percurso programado e receberam o auxílio das motolâncias; fotógrafos espalhados ao longo de todo o percurso e sete pontos fixos de câmeras fotográficas; aparato de sinalização da corrida ao durante todo o trajeto, kit frutas na linha de chegada, massagem pós-prova, acesso às ações dos patrocinadores; descontos nas academias WM Fitness e WM Health e seguro do atleta.

2018: novo percurso, nova data, crescimento da prova

Para marcar os cinco anos de história da Meia Maratona do Sol, a organização anunciou novidades para 2018, a começar pela mudança de data: 15 de setembro. “Decidimos antecipar em dois meses porque no mês de novembro sempre acaba coincidindo com a realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e choca também com a organização do Carnatal”, enumera Gabriel Negreiros.

A antecipação da corrida também permitirá à organização mais flexibilidade no calendário de produção, “garantindo mais tempo para buscar novos patrocinadores de acordo com a programação financeira das empresas, que fecham sua programação de investimentos para o ano seguinte”, completou o organizador.

A Meia Maratona do Sol também passará a ter um novo percurso para que o número de participantes possa ser ampliado de 6 para 8 mil. Os detalhes serão anunciados em breve pela organização.

Elaborada de acordo com as normas técnicas estabelecidas pela Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), a Meia do Sol também cumpre com as normas de segurança estabelecidas pelo Corpo de Bombeiros e Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Rio Grande do Norte (Crea/RN).

A Meia Maratona do Sol é uma produção da Fábrica de Esportes e Eventos e HC Sports, empresas responsáveis por organizar os principais eventos esportivos da capital potiguar. A corrida conta com o patrocínio da Caixa Econômica Federal.